Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

2022 será o ano da comunicação para a Igreja

Será o ano de colocar em prática e aprofundar tudo o que aprendemos

O ano de 2022 será o “ano da comunicação para a Igreja!” Eu acredito muito nisso graças a vocês, comunicadores, que estão perseverantes na missão de formar, informar e evangelizar através dos meios de comunicação.

Enquanto comunicadores, passamos por grandes dificuldades juntos em 2020, sem saber exatamente por onde começar; em 2021 buscamos muito conhecimento para fazer mais e melhor; e, em 2022, vamos colocar em prática e aprofundar tudo o que aprendemos!

Por isso, tenho clareza e confiança em dizer que: 2022 SERÁ O ANO DA COMUNICAÇÃO PARA A IGREJA!

Será o ano em que a Pastoral da Comunicação mostará, ainda mais na prática, sua missão de Pastoral do “servir” e da sua transversalidade;

Será o ano das Assessorias ou Setores de Imprensa/Comunicação das Dioceses e Arquidioceses ampliarem o relacionamento com os comunicadores da base, diretamente ligados às paróquias, comunidades, pastorais e movimentos da Igreja;

Será o ano dos Padres e Bispos olharem com carinho e zelo para as equipes de comunicação já atuantes e as que timidamente começam a surgir e, como fez Jesus Bom Pastor, apascentar o rebanho.

Convocados a “escutar” pelo Papa Francisco, no tema para o Dia Mundial das Comunicações Sociais 2022, esse é mais um “alerta” do quanto a comunicação precisa ser destaque nesse tempo em que tanto precisamos dar atenção ao próximo. Sem escutar o próximo, não conseguimos uma comunicação efetiva.

O Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil orienta que “a evangelização é sempre comunicação, e toda a vida da Igreja é permeada pela comunicação” (n. 232). Neste sentido, somos convocados mais uma vez a comunicar cada dia mais usando todas as ferramentas disponíveis para que, em 2022, possamos informar, formar e evangelizar com excelência e testemunho.

2022 será o Ano da Comunicação para a Igreja, e com a presença da sua comunidade no digital, essa realidade se faz mais Verdade a cada dia.

 

Imagem de capa: Pascom Diocese de São José dos Campos (SP)