Coordenador Nacional da Pascom lança o livro “Esperançar, a missão do agente da Pastoral da Comunicação”

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Um livro para inspirar os agentes da Pastoral da Comunicação a vivenciarem a Espiritualidade como uma busca contínua do encontro com Deus e com o próximo. Esse é um dos objetivos do livro Esperançar, a missão do agente da Pastoral da Comunicação, de autoria do coordenador nacional da Pascom, Marcus Tullius. A obra é uma publicação da editora Paulus e integra a Coleção Ecclesia digitalis, que busca oferecer sugestões e subsídios pastorais (especialmente no âmbito da Pastoral da Comunicação) que favoreçam a vivência da fé e a adaptação da vida eclesial na cultura da comunicação e no ambiente digital. O livro será lançado no dia 13 de maio, às 20h, através de uma live com a participação do autor, Marcus Tullius. O bate-papo será transmitido pelas redes sociais da editora Paulus e da Pascom Brasil.

O livro pode ser adquirido nas livrarias da editora, presentes em diversas cidades do Brasil, ou diretamente pela internet.

Filho da pandemia

De acordo com Marcus Tullius, o convite para a produção do livro chegou no meio da pandemia da Covid 19, em 2020. “Recebi um convite do diácono Mário Roberto, no ano passado, para compor a coleção Ecclesia digitalis com um livro voltado para os agentes da Pascom. Respondi que o meu desejo era chegar perto dos agentes com um livro que tivesse uma linguagem simples e acessível,” rememora.

O tema da Esperança norteia as reflexões do autor sobre a espiritualidade em tempos de pandemia e a necessidade de uma vida cada vez mais voltada para a intimidade com Deus.

“Eu me senti muito tocado pela homilia do Papa Francisco durante a bênção Urbi et Orbi (momento extraordinário realizado pelo Papa Francisco no dia 27 de março de 2020) que falou sobre a necessidade de mantermos viva a esperança. Nesse momento [de pandemia] e em todos os momentos, se a comunicação não tiver como norte a esperança, se ela não for para esperançar, ela perde muito do seu sentido. Por isso, então, escolhi o “esperançar” como tema para trabalhar a missão do agente, tendo como base os quatro eixos da Pascom: espiritualidade, formação, articulação e produção”, explicou.

Marcus Tullius ressalta que o fio condutor do livro é a experiência da sede. “O comunicador precisa perceber essa sede de Deus e a sede comunicar, e, claro, a sede de “esperançar”.

 

(Texto: Patrícia Luz, secretária executiva da Pascom Brasil)

Sobre o Autor: O Estagiário

Você também pode gostar:

Busca

Instagram