Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

E comunicadores os criou…

O Pai é o comunicador é a fonte de onde emana toda a vida

Nós não nos tornamos comunicadores, mas, o somos desde a criação. Assim disse Deus ao criar-nos: “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança.” (Gn 1,26)

Quem é Deus, senão a mais pura e perfeita comunicação? Tudo o que conhecemos de seu mistério trinitário emana de sua essência que é ser partilha, doação, amor infinito.

 

O Pai é o comunicador

É a fonte de onde emana toda a vida. É o Amor em máxima potência e não pode senão comunicar. Jesus ensinou-nos: “Não falei por mim mesmo, mas o Pai, que me enviou, ele mesmo me prescreveu o que devo dizer e o que devo ensinar.” (Jo 12,4)

Vemos aqui duas verdades muito importantes: Deus não somente cria a cada um de nós, mas, nos acompanha com amor de Pai. Ele não nos abandona, quando nos afastamos dele, pelo pecado, mas, sente compaixão de nós e nos envia o seu Filho. Isso significa que Deus pensa em nós com amor de Pai e vem ao nosso encontro para restaurar a comunicação com Ele. Ele se “aprimeira” como diz o Papa Francisco, e nos oferece a possibilidade de reatarmos a comunicação com ele, de modo ainda mais profundo do que antes do pecado. Em Cristo, nos tornamos filhos de Deus. Outra verdade fundamental:

 

O Filho é o comunicado

Ele é a Palavra do Pai que se encarna, “o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos sua glória, a glória que o Filho único recebe do seu Pai, cheio de graça e de verdade.” (Jo 1,14) Esta é a maior revelação da história, a segunda pessoa da Trindade se tornou em tudo como nós, menos no pecado, Ele é a verdade, o caminho, a face do Pai: “Eu e o Pai somos um.” (Jo 10,30) “Quem me vê, vê o Pai.” (Jo 14,9)

Deus Filho se encarnou para que nos abramos para o amor do Pai e, incorporados nele cada um de nós se torna também filho do Pai. Portanto, o maior comunicado, a mensagem de Deus é esta: Ele é Pai e em Cristo, somos seus filhos. Tudo isso, pelo dom do Espírito Santo.

 

O Espírito é a comunicação

O Espírito Santo é a plena comunicação, a terceira pessoa da Santíssima Trindade. O Catecismo da Igreja nos ensina que “sem o Espírito não é possível ver o Filho de Deus, e sem o Filho ninguém tem acesso ao Pai, porque o conhecimento do Pai é o Filho, e o conhecimento do Filho de Deus faz-se pelo Espírito Santo.” (683) Sua atuação gerou o verbo, o Filho do Pai, no ventre de Maria.

Ele revela o Filho: “Ninguém pode dizer ‘Jesus é o Senhor’ a não ser pela ação do Espírito Santo” (1Cor 12, 3). Ao mesmo tempo, ele revela o Pai: “Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: ‘Abbá! Pai!’” (Gl 4, 6).

 

A Trindade é o ponto de partida e de chegada de toda comunicação

Toda a comunicação humana está fundamentada na comunicação entre o Pai, o Filho e o Espírito… A comunhão trinitária alcança a humanidade: o Filho é o Verbo, eternamente ‘pronunciado’ pelo Pai; em e mediante Jesus Cristo, Filho e Verbo que se fez homem, Deus comunica-se a si mesmo e a sua salvação às mulheres e aos homens. A comunicação na e pela Igreja encontra o seu ponto de partida na comunhão de amor entre as Pessoas divinas e a sua comunicação conosco.
Fonte: Vaticano

 

Em Maria, a Trindade de revela

O anjo Gabriel introduz Maria no mistério da Trindade e como ela fará parte dessa revelação. Ele explica à Virgem de Nazaré que o Espírito Santo a cobrirá com sua sombra, com isso, ela conceberá um filho, o Filho do Altíssimo. (Cfr. Lc 1, 30-35) No ventre materno de Maria, pela comunicação do Espírito Santo, o Verbo do Pai se faz homem.

Por isso, ninguém melhor do que ela pode nos introduzir nesse mistério comunicativo de amor, e nos educar como autênticos comunicadores.

 

Maria educa em nós o filho do Pai

Ela o gera continuamente em nós, pela ação do Espírito Santo. Cada um de nós é um comunicado de Deus a esse mundo, um traço de sua semelhança que precisa ser desenvolvido, com o auxílio da graça, até a o máximo do que se consegue a capacidade individual, e manifestar-se ao mundo.

Que mensagem de Deus você é para este mundo? Ela está infusa em sua história, em sua estrutura, em seu temperamento, em sua originalidade. Torne-se o que você de fato é: Filho do Pai, em Cristo Jesus, no qual o Espírito Santo se revela.

Sua atuação nos meios de comunicação revele a sua essência e você seja um elo que promove constantemente a comunhão entre as pessoas e com Deus.

 

Ir. M. Nilza P. da Silva é jornalista por profissão e mestre em filosofia da Linguagem. Atualmente, reside em Atibaia/São Paulo, no Centro Schoenstatt-Tabor, sede provincial das Irmãs de Maria, e exerce sua profissão como Assessora Nacional de Comunicação do Movimento Apostólico de Schoenstatt, Coordenadora da Equipe Internacional de Comunicação de seu Instituto e consultora da Comunicação na Obra Internacional de Schoenstatt.