“É tempo de cuidar da Evangelização”: campanha da Igreja no Brasil neste mês de novembro

Neste 3 de novembro, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lança a campanha: É Tempo de Cuidar da Evangelização 2020, uma campanha da Igreja no Brasil. O período de realização será em todo o mês de novembro, tendo na solenidade de Cristo Rei, dia 22, seu momento forte com a realização do grande gesto concreto: a Coleta do Bem. O lema da campanha é: “Somos Igreja: cuidamos da vida, cuidamos do anúncio da Palavra e cuidamos dos pobres”. A campanha é motivada pelo versículo bíblico: “Conheceis a generosidade de Cristo.” (2 Cor 8,9).

A campanha tem três grandes objetivos: Mobilizar a comunidade, os homens e mulheres de boa vontade, a redescobrir a generosidade do amor de Cristo e revelá-la ao mundo por meio do gesto concreto de caridade e solidariedade, essência da identidade cristã; Renovar a corresponsabilidade dos cristãos católicos, fomentando a consciência sobre sua participação, como exigência da graça batismal, na obra e ação evangelizadora da Igreja no Brasil e na sustentação de suas atividades pastorais; e Mobilizar os cristãos católicos para contribuírem no gesto concreto da campanha, a Coleta do Bem.

De acordo com o secretário-executivo de Campanhas da CNBB, padre Patriky Samuel Batista, a campanha É Tempo de Cuidar da Evangelização é uma oportunidade singular para que todos conheçam as ações de solidariedade e do anúncio do Evangelho na Igreja no Brasil.

“Conhecer e participar! Eis o chamado que os bispos do Brasil nos fazem neste momento. Espero que esta campanha nos ajude a despertar o coração solidário. Um despertar capaz de envolver-se diretamente por meio da doação de recursos financeiros tão necessários à ação evangelizadora da Igreja católica no Brasil. Não somente contribuir, mas principalmente conhecer e acompanhar aquilo que a Igreja no Brasil vem realizando em cada uma de suas 278 circunscrições eclesiásticas”, afirmou.

Em 2020, a pandemia do novo Coronavírus provocou grande impacto na vida de todo mundo, incluindo a vida da Igreja. A nova realidade impôs à Igreja no Brasil e no mundo não apenas a necessidade de, observando as exigências médico-sanitárias, repensar a forma de realização das celebrações mas, também, o seu calendário de campanhas, coletas e eventos.

Coleta do Bem

Em um ano com condições normais, a CNBB realizaria a Coleta da Solidariedade, como o gesto da Campanha da Fraternidade, no Domingo de Ramos, destinada a apoiar iniciativas e projetos comunitários e solidários e de geração de renda e alternativas em todo o Brasil. E também realizaria, no terceiro domingo do advento, a Coleta para a Evangelização, cujo objetivo é despertar os católicos para o compromisso com a obra evangelizadora da Igreja no Brasil e para a corresponsabilidade na sustentação de sua pastoral. Foi neste contexto, que o Conselho Permanente da CNBB amadureceu a ideia de realizar, neste ano, apenas uma coleta para unificar estas duas coletas: a Coleta do Bem, a ser realizada durante todo o mês de novembro.

“Somos convidados a participar ativamente sobretudo nestes tempos de pandemia onde somos desafiados a viver a solidariedade como compromisso de amor e  do cuidado. É alargar o coração, cuidar de quem precisa e contribuir a fim de que, por meio de nossa corresponsabilidade e testemunho de vida fraterna, sejamos sinais do Reino de Deus hoje”, motivou o secretário-executivo de Campanhas da CNBB.

Como e onde se manter informado sobre a campanha:

Para informar-se sobre as ações e produtos da campanha É Tempo de Cuidar da Evangelização é necessário acessar o site campanhas.cnbb.org.br. Nesta página, a campanha vai disponibilizar, semanalmente, vídeos e cards para redes sociais, VTs para as tvs de inspiração católica do Brasil e spots e podcasts para a Rede Católica de Rádios (RCR).

Também serão disponibilizados cards para redes sociais e podcasts. No espaço de “downloads” da página da campanha, é possível baixar o texto-base, bem como três modelos de cartaz baseados no tema da campanha: “Somos Igreja: cuidamos da vida, cuidados do anúncio da Palavra, cuidamos dos pobres”. A Pascom Brasil (Pastoral da Comunicação) será uma grande animadora e mobilizadora desta campanha na Igreja no Brasil.

Formas de doação

Quem desejar doar à Coleta do Bem poderá fazê-lo de duas maneiras. Por meio da oferta nas missas e celebrações realizadas durante os dias 21 e 22 de novembro, quando a Igreja celebra a Solenidade de Cristo Rei. A doação também poderá ser feita de forma simplificada e digital, por meio do site doe.cnbb.org.br. 

1º vídeo da campanha: Igreja no Brasil, na tempestade remando com fé, esperança e caridade!

Este primeiro vídeo da campanha, com 4 minutos de duração, explica os impactos provocados pela pandemia do novo Coronavírus no mundo, na Igreja Católica e em seu trabalho de Evangelização no Brasil. O documentário demonstra que, mesmo num contexto de dificuldade, a Igreja no Brasil não deixou de cuidar da vida, dos pobres e da Evangelização e anuncia a realização da campanha e da Coleta do Bem. O vídeo reforça o lema da campanha: “Somos Igreja: cuidamos da vida, do anúncio da Palavra e dos pobres”.

Sobre o Autor: O Estagiário

Você também pode gostar:

Busca

Instagram