Informações sobre a Assembleia da CNBB são difundidas em vários idiomas pelo canal da Santa Sé

O correspondente da Secretaria de Comunicação do Vaticano, Silvonei José, convidou alguns membros do episcopado brasileiro para fazer uma síntese da proposta de trabalho dos bispos, incluindo os temas principais, durante a assembleia em diversos idiomas: francês, inglês, alemão, espanhol e polonês. Este material servirá de base para matérias que serão feitas pela redação do site Vatican News.

Inglês

Um dos convidados para dar um depoimento sobre a Assembleia em outro idioma é dom Derek John Christopher Byrne, bispo de Primavera do Leste-Paranatinga (MT). Ele faz o resumo da assembleia em inglês. Dom Derek nasceu em Dublin (Irlanda), foi ordenado sacerdote em 9 de junho de 1973 e realizou os estudos filosóficos e teológicos na Irlanda. Durante seu Ministério como sacerdote cobriu as seguintes incumbências: vigário paroquial (1974-1976) e pároco na paróquia Nossa Senhora do MontSerrat (1977-1980), em Cotia, diocese brasileira de Osasco. Continuou como decano do Vicariato São Roque, na diocese de Osasco (1977-1980); membro do “Promotion Team” em Cliffside Park, em Nova Jersey, Estados Unidos (1980-1982); superior da “Society House”, em Nova Jersey (1982-1990) e superior provincial nos Estados Unidos (1987-1990). Derek também exerceu função como membro do Conselho Geral em Kiltegan, Irlanda (1990-2002); pároco da paróquia Santo Antonio, em Castanheira, na diocese brasileira de Juína (2004-2008) e membro do Colégio de Consultores da diocese de Juína (2004-2008). Em 24 de dezembro de 2008 foi nomeado bispo de Guiratinga.

Francês

Foi convidado e aceitou fazer um resumo em francês, o bispo de Conceição do Araguaia (PA), dom Dominique Marie Jean Denis You. Segundo informações disponíveis na fanpage do Facebook da Diocese de Conceição do Araguaia, Dom Dominique foi ordenado padre no dia 23 de julho de 1981, pelas mãos do Cardeal Bernardin Gantin. No dia 11 de dezembro de 2002, foi nomeado bispo auxiliar de Salvador, pelo Papa João Paulo II, com a sé titular de Auzia. Recebeu a ordenação episcopal no dia 10 de fevereiro de 2003, das mãos do Cardeal Geraldo Majella Agnelo e de Dom Walmor Oliveira de Azevedo e Dom Bernard Louis Marie Charrier. No dia 8 de fevereiro de 2006, foi nomeado pelo Papa Bento XVI bispo diocesano de Santíssima Conceição do Araguaia.

Alemão

Dom Alfredo Schaffler, bispo emérito de Parnaíba (PI), aceitou falar aos leitores de língua alemã do site do Vaticano. Dom Alfredo, segundo informações do site da diocese, nasceu na Áustria,  foi ordenado sacerdote no dia 16 de junho de 1968 na cidade e Diocese de Oeiras. Inicialmente foi vigário cooperador em Oeiras e coordenador de Pastoral. Em 1970 assumiu inicialmente como vigário paroquial em Picos e posteriormente como pároco à paróquia de Nossa Senhora dos Remédios na cidade de Picos até 1984. Neste ano transferiu-se para Teresina assumindo como Juiz presidente do Tribuna Regional Nordeste IV. Em Teresina foi pároco na paróquia de Cristo Rei e Vigário Episcopal para a Administração da Arquidiocese. Em 15 de março de 2000 foi nomeado Bispo Coadjutor de Parnaíba. Em 21 de fevereiro de 2001 assumiu o governo da Diocese de Parnaíba. O seu lema episcopal é: “Firme na fé”.

Polonês

De maneira simpática e rápida, dom Marcos Piatek, bispo de Coari (AM), aceitou o convite para falar aos leitores que entendem polonês e que visitam o Vatican News. Ele é missionário redentorista. Segundo informações do site da Comissão para Vida e Família da CNBB, dom Marcos nasceu em 10 de outubro de 1954, sendo natural de Tuchów (Polônia). Foi ordenado presbítero em junho de 1980, como membro da Congregação do Santíssimo Redentor. Possui mestrado e o doutorado em Teologia Moral pela Universidade Lateranense, em Roma. De 2000 a 2011 foi pároco na paróquia da Ressurreição do Senhor, em Salvador (BA). Foi nomeado bispo em 15 de junho de 2011, pelo papa Bento XVI, para a Prelazia de Coari (AM). No dia 12 de agosto do mesmo ano, recebeu a ordenação episcopal. Dom Marcos reside no Brasil desde 1986.

Espanhol

Convidado para falar em espanhol sobre a 56ª Assembleia Geral da CNBB foi  dom José Luiz Azcona Hermoso, bispo emérito da Prelazia de Marajó. Ele também será o pregador do Retiro dos bispos durante a Assembleia. Segundo informações da Diocese de São Carlos (SP), dom Azcona é espanhol de Pamplona e chegou como missionário ao arquipélago do Marajó em 1985. Dois anos depois, foi nomeado bispo pelo Papa João Paulo II e assumiu a Prelazia do Marajó. Ele é defensor dos direitos humanos, destacadamente na luta contra o tráfico de pessoas e exploração sexual de menores, e de uma sociedade fundamentada na justiça social – batalhas que já lhe custaram inúmeras ameaças de morte. Em declaração à Rádio Vaticano, Dom Azcona afirma que mais do que um reconhecimento pessoal, esta outorga levanta um questionamento a ser refletido sobre o papel das Universidades na América latina e, de modo especial, na Amazônia. É preciso analisar, segundo ele, se as universidades são instituições que servem à sociedade com qualidades éticas e humanas, para determinar o desenvolvimento integral de que a Amazônia tanto necessita, ou se são uma forma de prosseguir o elitismo, uma área para privilegiados nesta sociedade, que continua precisando de igualdade, fraternidade e autêntica paz.

 

FONTE: CNBB 

 

Sobre o Autor: CNBB Nacional

Você também pode gostar:

Busca

Instagram