Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

João Paulo Pereira, pasconeiro seminarista ou seminarista pasconeiro?

A Minha Vida de Pasconeiro apresentará as histórias de pasconeiros e de pasconeiras de todo o Brasil!

Sou Pascom!
Sei que essa afirmação mexeu com você, pois pasconeiro e pasconeira que se preza, carrega no peito essa certeza, transformada em amor pela comunicação católica e em evangelização através dos meios de comunicação social, fazendo com que nossas paróquias estejam presentes nas mídias online e offline.

Hoje somos milhares de comunicadores católicos pelas paróquias, dioceses e arquidioceses do Brasil. É só conferir o instagram da Pascom Brasil, que lá estão todos os pasconeiros e pasconeiras com suas histórias de vida, de fé e de evangelização.

E quem são esses comunicadores e essas comunicadoras? Quais são seus sonhos? Como a Pascom entrou na vida dessas pessoas?

Essa é a missão da nova coluna do Portal da Pascom Brasil!

A Minha Vida de Pasconeiro apresentará as histórias dessas pessoas, que fazem da Pascom paroquial ou diocesana, um ofício sagrado de amor e de dedicação à comunicação, escutando e falando com o coração!

Minha Vida de Pasconeiro #1: João Paulo Pereira

Nessa primeira edição, apresentamos o pasconeiro João Paulo Pereira. João é seminarista do primeiro ano da etapa da configuração/Teologia, na Arquidiocese de Campinas (SP), é graduado em Linguística e pós-graduado em Gestão e Produção em Jornalismo, membro da Comissão Arquidiocesana da Pastoral da Comunicação da sua arquidiocese e também do GT de Formação da Pascom Brasil.

João Paulo, na celebração do 57º Dia Mundial das Comunicações Sociais, em sua arquidiocese

É pasconeiro há 15 anos e a Pascom surgiu na sua vida comunitária ainda na graduação em Linguística, quando recebeu o convite para fazer parte de uma nova pastoral que buscava expandir a comunicação e a evangelização paroquial, utilizando todas as ferramentas que tinham na época, como o jornal impresso e o site paroquial. Já nessa época, João participa ativamente da Pascom e testemunhava seu crescimento e importância eclesial.

A Pascom revelou um segredo valioso para ele, que carrega em seu dia a dia:

“Descobri a arte de comunicar com clareza e afeto. Imerso nessa pastoral, descobri a magia de transmitir mensagens de fé de maneira envolvente e pertinente, moldando-me conforme os diferentes canais de comunicação e à diversidade de público que almejamos alcançar.”

João Paulo trilha o caminho de discernimento rumo ao ministério ordenado e à medida que se aproxima esse momento, aumenta seu entusiasmo em dar continuidade às ações da Pascom. Ele acredita que a comunicação é um elo vital na evangelização e pretende fortalecer e ajudar, ainda mais, na expansão dos horizontes da Pascom na Igreja:

“A inovação e a criatividade são essenciais para engajar as pessoas nos dias de hoje e estou comprometido em utilizar essas ferramentas para tornar a evangelização cada vez mais acessível e relevante. Juntos, na sinergia entre a fé e a comunicação, poderemos levar a Boa Nova a lugares inimagináveis e tocar os corações de todos os batizados de maneira profunda.”

Comunicação autêntica da vocação 

Ele ainda ressalta que a Pascom desempenha um papel crucial na sua formação como seminarista e futuro sacerdote, ajudando-o a desenvolver habilidades de comunicação autêntica e a transmitir sua fé de maneira criativa, aprendendo a ouvir as necessidades da comunidade, a construir pontes e a abraçar novas formas de evangelização. Para João, é um valioso apoio que o prepara para enfrentar os desafios pastorais com empatia e abertura de coração.

Para os comunicadores de todo o Brasil, o pasconeiro João Paulo deixa a seguinte mensagem:

“Vocês são os verdadeiros pilares da comunicação e da evangelização, levando a mensagem de fé a cada canto do país. Suas dedicações e comprometimentos fortalecem a presença da Igreja na sociedade. Sejam sempre fontes de criatividade e esperança, encontrando maneiras inovadoras de chegar até as pessoas, para transmitir o amor e a paz. Vocês são instrumentos preciosos nas mãos de Deus, semeadores do Evangelho em corações sedentos. Que Deus os abençoe! E que a Pascom continue a tocar vidas e a edificar a nossa Igreja.”

A Minha Vida de Pasconeiro será mensal e, assim como a história do João Paulo, a sua também pode ser publicada aqui no Portal! Em breve será lançado um canal para receber as solicitações e divulgaremos, nas redes sociais da Pascom Brasil, como participar!