Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Nova Cruz, no Rio Grande do Norte, celebra 25 anos de atuação da Pascom

Implantação aconteceu durante o jubileu do Ano 2000, acolhendo o pedido e orientação da Igreja no Brasil para se criar uma equipe de Pastoral de Comunicação em cada paróquia.
(Créditos: Pascom Nova Cruz)

A Paróquia da Imaculada Conceição, no município de Nova Cruz, território da Arquidiocese de Natal (RN), celebrou 25 anos de história da Pastoral da Comunicação. Na noite do último domingo, 7 de novembro, foi celebrada a missa em ação de graças, presidida pelo Padre Bianor Júnior, responsável pela implantação da Pascom, quando estava como pároco de Nova Cruz, em 1997. Participaram da missa, a equipe de coordenação arquidiocesana e mais de cem agentes e ex-agentes paroquiais da Pascom.

(Créditos: Pascom Nova Cruz)

História

Quando a Pastoral da Comunicação foi, oficialmente, implantada, em nível arquidiocesano, em junho de 1998, a Paróquia da Imaculada Conceição, em Nova Cruz, já contava com a ação dessa pastoral. Na verdade, durante o ano de 1997 e primeiro semestre de 1998, a Arquidiocese se preparava para implantar a Pascom, que era uma pastoral relativamente nova, no Brasil.

(Créditos: Pascom Nova Cruz)

O tema central da 35ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, realizada de 9 a 18 de abril de 1997, no mosteiro de Itaici, município de Indaiatuba (SP), foi “A Igreja e a comunicação rumo ao Novo Milênio”.  Fruto dessa assembleia, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou o documento 59, intitulado “A Igreja e a comunicação rumo ao Novo Milênio”, que recomendava “implantar, até o ano 2000, uma equipe de Pastoral de Comunicação em cada paróquia”. Com base nessa orientação da Igreja Católica, no Brasil, a Paróquia da Imaculada Conceição tratou de organizar e implantar uma equipe da Pascom.

 

Destaques

“Recordo da participação, sempre fiel, da Pastoral da Comunicação da Paróquia de Nova Cruz desde os primeiros encontros de avaliação e planejamento e em outras atividades dessa pastoral, em nível arquidiocesano. E não é só participar por participar, a Pascom, em Nova Cruz sempre contribuiu com o testemunho de ações realizadas, às vezes até inovadoras. Lembro-me de um projeto chamado Cinema Itinerante, que a Pascom desenvolvia nas comunidades rurais, dando oportunidade às pessoas assistirem a filmes religiosos ou com temáticas cristãs, projetados em uma tela grande”, lembra Cacilda Medeiros, coordenadora do Setor de Comunicação, na Arquidiocese de Natal.

Jornal impresso, programas no rádio, mural, campanhas de assinatura do jornal/revista A Ordem, cinema itinerante… e, atualmente, as transmissões via internet, que se tornaram referências pela qualidade do trabalho e utilização dos equipamentos.

A Pascom de Nova Cruz também se destaca, na Arquidiocese de Natal, pelo expressivo número de agentes – mais de 100 -, que atuam em quase todas as comunidades do território paroquial.

O casal coordenador paroquial da Pascom, Flávio Luiz e Liliane Silva (Créditos: Pascom Nova Cruz)