Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Paróquias de Guarapari, no Espírito Santo, realizam 2º Retiro de Espiritualidade da Pascom

A atividade aconteceu na tarde do dia 15 de setembro e teve como tema "Marta, Maria e eu. O trabalho de Marta e a oração de Maria.”

A Pastoral da Comunicação das Paróquias São José e São Tiago Maior, na cidade de Guarapari, no Espírito Santo realizou, na tarde do dia 15 de setembro, o 2º Retiro de Espiritualidade com seus agentes. O tema do encontro foi  “Marta, Maria e eu. O trabalho de Marta e a oração de Maria.” O encontro aconteceu na Comunidade Bom Jesus e contou com a ajuda de toda a comunidade e a presença do Coral paroquial São José.

No ano passado o encontro contou com a presença de 16 pasconeiros, esse ano estiveram presentes 43. Para os coordenadores é muito gratificante que esse número tenha crescido, pois mesmo após a pandemia, o evangelho precisa continuar sendo comunicado.

A primeira palestrante da tarde foi a Rosimara Marinho, jornalista católica e fundadora do Blog Tudoemara. Rosimara falou da importância do Instagram e como utilizá-lo na evangelização nas comunidades e paróquias. A palestrante deu algumas dicas e interagiu com os pasconeiros, tirando suas dúvidas. Para finalizar sua palestra deixou uma frase para os pasconeiros: “Feito é melhor do que perfeito que não sai do lugar.”, incentivando a servir com o que cada pasconeiro tem a oferecer.

Logo após, os pasconeiros participaram da pregação e reflexão com a Adma Moreira da Missão Ana, falando sobre o tema do encontro. Durante toda a pregação ela destacou que não dá pra viver uma vida de trabalho sem uma vida de oração e ainda completou: “Ninguém vai chegar ao céu, ninguém vai desempenhar um bom papel de evangelizador se não tiver uma vida de oração.” “…O que vem primeiro é a oração, a nossa oração nos leva a trabalhar para Jesus Cristo.” Destacou ainda que ao contemplar essa passagem do evangelho, ela consegue ver que o trabalho de Marta era fundamental, afinal estava recebendo o Mestre em sua casa, mas que mesmo trabalhando, ela poderia ter contemplado tudo o que Jesus dizia ali e feito de seu trabalho uma oração.

Durante o intervalo, o Padre Pierre, pároco da Paróquia São Tiago Maior, esteve presente e iniciou a segunda parte do encontro falando da importância e responsabilidade de cada agente na evangelização, em seguida deu sua bênção aos pasconeiros.

O seminarista Arthur Varanda também esteve presente e conduziu a última parte do retiro. Iniciou com a dinâmica do Cego e o acompanhante, fazendo com que os pasconeiros vendados fossem conduzidos pelos seus parceiros até a igreja pelo som da voz de seu colega, mostrando a importância de sermos guiados pela voz de Deus. Em seguida iniciou sua pregação que teve como tema: “A importância do comunicador para a Igreja e a oração na vida do comunicador”. De maneira muito descontraída, ele levou os pasconeiros a refletirem a importância da escuta com o coração para o servir, citando trechos da Mensagem do Papa Francisco para o 56º Dia Mundial das Comunicações. O Retiro foi encerrado com Adoração ao Santíssimo e Celebração da palavra com o Seminarista Arthur.

Depoimentos

“Realizar o 2º Retiro de Espiritualidade para a Pascom foi realmente um presente Deus. Organizamos esse retiro por alguns meses, não tínhamos dinheiro, o tempo era escasso para reuniões, nos levando a decidir tudo por mensagens. Mesmo com essa difícil realidade, sempre acreditávamos que tudo iria dar certo, pois sabíamos que Deus é quem guiava nossos passos. Na véspera do retiro tudo começou a dar errado, mas o errado aos nossos olhos era as mãos de Deus colocando tudo no seu devido lugar e fazendo com que as coisas fossem conforme os planos Dele. Louvado seja Deus por isso, pois não poderíamos ter realizado nada tão perfeito.” (Luciana Gomes,  Coordenadora da Pascom da Paróquia São José)

“Foi muito bom! As dicas da Rosimara me fizeram concluir que tenho que criar um Instagram para a Comunidade Matriz. A Adma reforçou que a oração tem que vir sempre em primeiro lugar, porque senão o serviço perde a essência e fica mecânico. O Seminarista Arthur me atentou quanto à mensagem contida na carta do papa, porque eu já havia lido, mas na época eu não tinha percebido que eu não escutava as pessoas com os ouvidos do coração. A mudança já está acontecendo essa semana e está me fazendo muito bem! Louvado seja Deus por isso. Muito obrigada pela oportunidade de participar.” (Luana Cristovão, Pascom Paróquia São José)

“Quem foi no retiro saiu cheio do Espirito Santo, a palestra da jornalista Rosimara foi uma mensagem de informação e de fortalecimento. Veio dizer para gente que estamos no caminho certo. As pregações me fizeram enxergar a mim mesmo, olhar as minhas fraquezas e minhas dores e não só ver o defeito do outro. Prestar a atenção nas dores do próximo e ver que muitas vezes minhas dores não são nada se comparadas ao do irmão.” (Gilvaldo, Animador da Comunidade São Miguel Arcanjo)

“O tema “Marta, Maria e Eu, me levou a refletir profundamente no que estou fazendo como evangelizadora, que parte estou escolhendo? Estou orando e trabalhando? Ou não faço nenhum dos dois? Ou só oro e não trabalho? Com as palestras muitas dúvidas foram esclarecidas e o coração foi preenchido para continuar minha caminhada de evangelização na sociedade.” (Flávia do Rosário, Comunidade São Benedito)

“O II retiro de Espiritualidade da Pascom, foi uma tarde muito rica, tanto em troca de experiência como em espiritualidade. O nosso servir como Pasconeiros e membros de outras pastorais é tão intenso, que lado espiritual vai ficando para depois. Foi uma tarde de reabastecimento!!! Que o Senhor nós inspire cada vez mais, a anunciar a Boa Nova, através das redes Sociais.” (Edilson do Rosário, Coordenador da Pascom da paróquia São Tiago Maior)