Pascom do Regional Leste 2 propõe celebração da Via-Sacra virtual

Um dos principais exercícios penitenciais celebrados no tempo da Quaresma é a Via-Sacra. Considerando as recomendações das autoridades de saúde diante da pandemia do novo coronavírus, a Pascom do Regional Leste 2 (Minas Gerais e Espírito Santo) da CNBB, propõe a recitação da Via-Sacra de forma virtual. As meditações e orações são feitas na ótica do comunicador.
O roteiro original da celebração foi preparado pelo Regional Nordeste 1 (Ceará) por ocasião da Campanha da Fraternidade em 1989, que teve como tema Fraternidade e Comunicação. O Regional Leste 2 uniu a este exercício da piedade popular as intenções particulares, em especial os sofrimentos causados pelas doenças espalhadas pelo mundo, doenças incuráveis e vírus desconhecidos.
Algumas sugestões para celebrar a Via-Sacra de maneira virtual:
  • publicar cards com textos e orações nas páginas das dioceses, paróquias e comunidades, fomentando as famílias para que se reúnam em oração;
  • reunir os agentes da Pascom e outras pastorais em videoconferência para rezarem juntos;
  • promover transmissão ao vivo pelo Facebook e Instagram da diocese, paróquia e comunidade, com a oração e meditação conduzidas pelo bispo ou sacerdote.

De acordo com Janaína Gonçalves, coordenadora da Pascom no regional Leste 2, a maior parte das equipes de Pascom atuam na produção de notícias e conteúdos voltados para a Igreja. Contudo, é impossível não abrir os olhos e o coração para as notícias sobre a difícil situação em que vive o Brasil e o mundo por causa no novo Coronavírus.

“Compreendo a atual conjuntura e para propor um momento de reflexão e oração entre os agentes de comunicação, a Pascom do Regional Leste 2 compartilha a Via-Sacra dos Comunicadores para o ambiente virtual. Que seja esta uma das oportunidades para a compreensão de que é possível estarmos reunidos, em oração, mesmo estando em locais distantes. Também pode ser rezada em família, propiciando um encontro com o outro e partilhando a Igreja doméstica como sugere as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE 2019-2023)”, afirma.

Sobre o Autor: O Estagiário

Você também pode gostar:

Busca

Instagram