Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Pascom do Rio Grande do Sul realiza o 7º Muticom Regional em Farroupilha

Mais de cem agentes da Pastoral da Comunicação de todo o estado participaram do evento que contou com a presença do coordenador nacional da Pascom, Marcus Tullius
(Créditos: Diego Pedrotti)

O Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio, em Farroupilha, foi casa da Pastoral da Comunicação do Regional Sul 3, neste sábado, 26 de novembro. O 7º Muticom do Rio Grande do Sul reuniu mais de cem agentes da PASCOM de todo o Estado, que refletiram no encontro o tema Pascom: o agir comunicativo da Igreja.

O presidente da CNBB Sul 3 e bispo diocesano de Caxias do Sul, dom José Gislon, abriu o encontro lembrando que o Conselho Permanente da CNBB aprovou esta semana a atualização do Diretório de Comunicação, o que ressalta a importância da comunicação na vida da Igreja, especialmente “para romper as distâncias e cultivar a caminhada de fé do Povo de Deus”. Dom José destacou que ainda temos um longo caminho a percorrer para valorizar e priorizar a comunicação e desejou: “Que aos pés de Nossa Senhora do Caravaggio este encontro seja não só abençoado por Deus mas acompanhado pela ternura materna de Maria”.

O momento de abertura e acolhida também contou com as palavras de dom Alessandro Rufinoni, bispo emérito de Caxias do Sul; do padre Ricardo Fontana, Reitor do Santuário; e do bispo referencial para a comunicação no Regional, dom Carlos Romulo Gonçalves e Silva, que enfatizou a alegria da oportunidade de um encontro presencial: “Sabemos dos desafios das distâncias e econômicas, mas a presencialidade supera isso, porque a alegria de estarmos juntos é sempre um Pentecostes”, afirmou dom Carlos.

Eixos Pastorais

Um dos objetivos principais deste 7º Mutirão de Comunicação foi a formação de novos e antigos agentes sobre a missão da Pascom e contou, para isso, com a colaboração do Coordenador Nacional da Pastoral, Marcus Tullius. O assessor iniciou com a apresentação de alguns pontos fundamentais do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil e pontuou de forma especial a importância de que a comunicação esteja a serviço do encontro que cria comunhão, estabelece vínculos e promove o bem comum. Durante sua exposição, Marcus observou também que “não se pode reduzir a Pascom aos meios de comunicação, pois ela é um elemento articulador da vida e das relações comunitárias”.

Os quatro eixos da Pascom – Espiritualidade, Formação, Articulação e Produção – também integram o Diretório da Comunicação e foram tema da exposição do assessor. Para Marcus, o primeiro é o alicerce de todos os eixos e a vivência constante do seguimento a Jesus Cristo. Já a formação visa a qualificação das lideranças e agentes para que desenvolvam e executem projetos teoricamente embasados, tecnicamente atualizados e eticamente comprometidos.

Em seguida, o eixo da articulação propõe o envolvimento dos agentes com todas as pastorais paroquiais/diocesanas, a fim de animar toda a Igreja à comunicação. Outras propostas são a realização de mutirões de comunicação, encontros com profissionais e pesquisadores e participação nos conselhos pastorais. Por fim, vem o eixo da produção, que consiste na elaboração de materiais, transmissão de celebrações e eventos e produção de diversos conteúdos.

O assessor concluiu sua apresentação com sete pontos fundamentais à pastoral. Segundo ele, é preciso uma Pascom que seja ágil, integral, tradutora, provocativa, pacificadora, testemunhal e sinodal.

Espiritualidade

A tarde do 7º Muticom iniciou com a reflexão sobre a Espiritualidade do Comunicador, conduzida por dom Carlos Rômulo. O bispo referencial da Pascom falou especialmente da espiritualidade dos discípulos de Jesus, aqueles que O seguem: “Para um tempo que entende o conceito espiritualidade de forma difusa e generalizante, seguimento é o modelo básico e original: porque é bíblico e útil”, afirmou.

O bispo trouxe a imagem da videira para lembrar que Cristo é o comunicador maior, que une todas as pessoas a Deus. “Comunicar é dom de Deus, é relação entre o Criador e Suas criaturas”, destacou.

Práticas

A programação do 7º Muticom ofereceu aos participantes oficinas práticas para facilitar o dia a dia da Pascom nas paróquias e nas arqui/dioceses: Artes Gráficas no Canva; Técnicas Fotográficas com o celular; e Redes Sociais na perspectiva da evangelização.

O encontro foi concluído com a celebração de uma Missa de envio no Santuário de Caravaggio, presidida por dom Alessandro Rufinoni, bispo emérito de Caxias do Sul. A celebração marcou também o anúncio do 8º Mutirão de Comunicação, que acontecerá em Santa Maria, no dia 25 de novembro de 2023.