Pe. Tiago Silva apresenta orientações para criação da PASCOM na Diocese de Santo André

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Pastoral da Comunicação da Diocese de Santo André realizou na manhã de sábado (28/09), mais um Encontro Formativo com a Palestra “Como Iniciar uma Pascom”, no Auditório da Cúria Diocesana, no Centro de Santo André.
Dividida em duas partes, a apresentação do assessor da Comissão Episcopal para a Comunicação da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e diretor de Comunicação da Diocese de Santo André, Pe. Tiago Silva, destacou “nesse primeiro momento falamos sobre a articulação da Pascom, por meio de um guia de implantação disponível nas edições da CNBB, a partir de uma experiência na Diocese de Diamantina (MG), que prioriza alguns elementos”, explica Pe. Tiago, ao citar os quatro passos para a criação da iniciativa nas paróquias do Grande ABC:

Quatro passos

1 – Conhecer a realidade da igreja em âmbito macro, ou seja, dialogar com o pároco, compor a equipe com pessoas comprometidas e levantar as necessidades e recursos já existentes;

2 – Sensibilizar as pastorais, movimentos e comunidades da necessidade da Pastoral da Comunicação para a ação evangelizadora da Igreja, ou seja, argumentar ao Conselho de Pastoral sobre a importância e a missão da Pascom;

3 – Formar, ou seja, realizar um momento específico de formação para o grupo, além do contato com profissionais, professores e pesquisadores;

4 – Manter, ou seja, levar em consideração as necessidades mapeadas pela Pascom e pelas demais pastorais e lideranças, e também elaborar um Plano Estratégico de Comunicação.

A coordenadora diocesana da Pascom, Fernanda Minichello, bem como coordenadores regionais estiveram presentes, além de agentes da Pascom como Antônio Testa, que atua na Paróquia Nossa Senhora das Graças, na Vila Humaitá, em Santo André, e Gislene Rodrigues, que colabora com o trabalho na Igreja Matriz – Paróquia São Sebastião de Rio Grande da Serra, aprovaram a formação e elogiaram o conteúdo.

Quatro eixos e reuniões

O sacerdote ainda destacou os quatro pontos que norteiam o trabalho da Pastoral da Comunicação: Formação, Produção, Articulação e Espiritualidade. Diante disso, algumas das formas de anunciar o evangelho através da Pascom são pelas mídias sociais, Web Rádio e Web TV, site, informativo paroquial, entre outras ações. Na segunda parte, Pe. Tiago também orientou sobre os aspectos essenciais da coordenação e da estrutura das reuniões, basicamente começando pela oração inicial, pauta, avaliação, projetos em andamento, próximos eventos e o encaminhamento de novos projetos, distribuição das atividades, de acordo como os quatro eixos, definindo prazos, próxima reunião e a conclusão com a oração final.

8º Plano de Pastoral

Atendendo ao 8º Plano Diocesano de Pastoral, a atividade reforçou que a Pascom é considerada a pastoral do serviço, da acolhida, pois sua finalidade não se encerra em suas próprias atividades, mas ganha sentido quando contribui com as demais pastorais.
“Pascom é a pastoral da sinergia, da missão e da transversalidade. É a pastoral do ser e do estar em comunhão com toda a comunidade. Nasce da junção de duas realidades que interagem reciprocamente, Comunicação e Pastoral”, sintetiza Pe. Tiago.

Sobre o Autor: Alex

Você também pode gostar:

Busca

Instagram