Share on whatsapp
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email

Segundo dia do Muticom Diocesano reflete sobre ética, comunicação e o compromisso dos leigos.

Comunicar esperança e confiança no nosso tempo de forma ética e compromissada com a ação evangelizadora. É o que trata a temática deste segundo dia do Mutirão de Comunicação Diocesano, evento realizado em unidade celebrativa com toda a Igreja, em alusão ao Dia Mundial das Comunicações Sociais, que acontece neste domingo (28),...

Durante a manhã deste sábado (27), as discussões seguem a linha da ética na Igreja e mídias digitais, políticas da comunicação e educar para a comunicação. Os participantes foram divididos em grupos a fim de refletir o tema, de forma particular, segundo a realidade de suas paróquias e Foranias.

“Falar sobre ética é um desafio no mundo, no país, numa sociedade em que essa palavra é quase banal, onde os valores são deixados de lado. E a reflexão do Diretório, do Documento da Comunicação, é essa: o que é ético para mim enquanto comunicador? Eu estou transmitindo a ética na comunicação?”, pontuou o assessor do encontro, Alex Ferreira, coordenador regional da Comissão Episcopal de Pastoral para a Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) do Regional NE1.

(Assessorado por Alex Ferreira, coordenador da Comissão Episcopal para Comunicação do Regional NE1, participantes refletem sobre ética e comunicação na ação evangelizadora. Foto: Rozelia Costa)

Duplo compromisso ético

O leigo que se dispõe a trabalhar a comunicação na Igreja tem o desafio de conduzir suas ações com mais rigor em termos de ética e no cumprimento daquilo que pede o Diretório de Comunicação. Agente da Pascom na cidade do Barro, Paróquia Santo Antônio, Santuário da Divina Misericórdia, Mychelle Santos que o diga. Além de atuar nessa missão, ela também é estudante do curso de Jornalismo, o que faz aumentar a sua responsabilidade.

“Eu uno duas paixões, na verdade, a Igreja e a Comunicação. É desafio, porque todos os dias nós somos bombardeados por diversos tipos de informações. E nós, enquanto Pascom, temos o dever de mostrar a verdade e pregar essa verdade, que é o próprio Cristo. A possibilidade de trabalhar isso, enquanto estudante de Jornalismo, me traz essa formação para leva-la aos demais representantes da Pascom da minha cidade”, afirmou.

O Muticom segue durante toda a tarde deste sábado, quando os participantes se dividirão em quatro oficinas: Fotografia, Mídias Digitais, Rádio e Texto. A ideia é que eles possam assimilar a teoria absorvida durante as formações.

FONTE: DIOCESE DE CRATO

POR: Assessoria de Imprensa