Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Agenda de abril: datas para criar conteúdo para as redes sociais da Igreja

A Igreja celebra em todo o mundo, de 10 a 17 de abril, a Semana Santa. Este é o ponto alto da vida dos cristãos e também deve ser na vida dos comunicadores.

No mês de abril vamos viver um momento especial da nossa fé cristã, o tempo pascal. Após a vivência do tempo quaresmal, a Semana Santa é o ponto alto da celebração da fé, que vai desde o domingo de Ramos até o domingo de Páscoa, com a feliz proclamação da RESSURREIÇÃO DO SENHOR. Neste período preparatório, muitos conteúdos podem ser desenvolvidos para as redes sociais da sua Diocese, Paróquia ou comunidade (clique para ver alguns exemplos).

Ao produzir conteúdo, não se esqueça: prepare sua comunidade para viver este tempo de Quaresma e Páscoa de acordo com sua realidade local. Crie conteúdos que falem sobre essa temática; inspire momentos de oração; faça partilhas de testemunhos e a vivência do Tríduo Pascal inclusive nas redes sociais.

  • No Facebook, explore vídeos curtos com orações e testemunhos da sua comunidade.
  • No Instagram, invista no formato carrossel que permite criar conteúdos explicativos como “pequenas catequeses” para sua comunidade e use muito os stories (clique aqui para ver uma dica extra sobre engajamento nos stories).
  • No YouTube, os vídeos temáticos sobre a Semana Santa, o Tríduo Pascal e significados desse período podem ser um ótimo caminho, assim como a organização das lives e conteúdos em Playlists.

Em todas as mídias, faça chegar até sua comunidade a programação com os horários e locais das celebrações. Use o Facebook, Instagram e WhatsApp para deixar sua comunidade conectada com a agenda da sua Diocese, Paróquia ou Comunidade. Afinal, não queremos ninguém perdendo os horários!

Em muitos lugares, a celebração da Semana Santa já será com ampla participação dos fiéis. Então, é importante deixar bem claro nas comunicações sobre as celebrações que são presenciais e as informações de participação, bem aquelas que são transmitidas.

Além de cuidarem da produção de conteúdo, os comunicadores católicos são convocados também a viverem momentos de oração. Organizem momentos de espiritualidade e participem das celebrações.

INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA

Neste mês de abril, também nos unimos ao Papa Francisco para rezar pelo profissionais da saúde:

Rezemos para que o compromisso do pessoal de saúde na assistência às pessoas doentes e aos idosos, sobretudo nos países pobres, seja apoiado pelos governos e pelas comunidades locais.”

Para a produção do conteúdo, avalie quais datas do calendário litúrgico e das datas cívicas são importantes. Nem tudo se adequa a sua realidade e, claro, lembre-se de incluir as datas importantes da sua Igreja local no planejamento. Veja só:

CALENDÁRIO LITÚRGICO

01 – São Macário, São Ludovico Pavoni;

02 – São Francisco de Paula; Santa Maria Egipcíaca;

03 – Quinto Domingo da Quaresma, São Xisto I;

04 – Santo Isidoro de Sevilha;

05 – São Vicente Ferrer; Santa Juliana de Cornillon;

06 – São Marcelino de Cartago; São Notker;

07 – São João Batista de La Salle;

08 – Santa Júlia de Billiart, São Perpétuo, Santo Alberto, São Gastão;

09 – Santa Maria de Cleófas; Santa Cacilda;

10 – Domingo de Ramos e Missa da Paixão do Senhor (É a celebração que abre a Semana Santa, com destaque para dois aspectos: a memória da entrada de Jesus em Jerusalém e do anúncio de Sua Paixão. A convergência das duas tradições na liturgia ressalta o messianismo de Jesus e a revelação de sua identidade filial.) 

11 – Segunda-Feira da Semana Santa; Santa Gema Galgani; Santo Estanislau Kostka;

12 – Terça-Feira da Semana Santa; Santa Ida; São Júlio I;

13 – Quarta-Feira da Semana Santa; São Vitor; São Martinho I;

14 – Quinta-feira da Semana Santa, Missa Vespertina da Ceia do Senhor (A celebração da Ceia do Senhor abre o Tríduo Pascal. Nessa missa, faz-se memória da Instituição da Eucaristia e do sacerdócio ministerial. Dois sinais evidenciam a espiritualidade deste dia: o rito do Lava pés, em que o celebrante recorda o gesto de Cristo, que lavou os pés dos seus apóstolos; e a proclamação do mandamento novo que Jesus deixou: “Eu vos dou um novo mandamento, que vos ameis uns aos outros assim como Eu vos amei”).

15 – Sexta-feira da Semana Santa, Paixão do Senhor (Na Sexta-feira Santa a Igreja contempla o mistério do grande amor de Deus pela humanidade. O silêncio é a palavra mais forte deste dia. A Igreja se recolhe procurando entender o significado profundo da morte do Senhor. Neste dia não há missa. À tarde acontece a Celebração da Paixão e Morte de Jesus, com a proclamação da Palavra, a oração universal, a adoração da cruz e a distribuição da Sagrada Comunhão).

16 – Sábado Santo, Missa da Vigília Pascal (O Sábado Santo é um dia marcado pelo silêncio e pela oração. A Igreja permanece junto ao sepulcro, meditando no mistério da morte do Senhor e na expectativa de sua ressurreição. À noite, a celebração da Vigília Pascal, a “mãe de todas as vigílias”, proclama a vitória sobre o pecado e a morte. Esta é a celebração mais importante de todo o ano litúrgico e é dividida em quatro partes: liturgia do fogo, liturgia da Palavra, liturgia batismal e liturgia eucarística).

17 – Páscoa do Senhor (O Domingo da Páscoa proclama a ressurreição do Senhor, que se estende pelos próximos oito dias, num período chamado de Oitava da Páscoa. No domingo também se inaugura o Tempo Pascal, que culmina na celebração de Pentecostes).

 17 a 24 – Oitava da Páscoa do Senhor (A Oitava é um prolongamento da Páscoa de Jesus, que continua na ação da Igreja. Por isso, durante oito dias, celebramos a Solenidade da Ressurreição de Jesus como se fosse um único dia – “o dia que o Senhor fez para nós!”)

18 – São Galdino; Bem-Aventurada Maria da Encarnação;

19 – Santo Expedito; São Leão IX;

20 – São Teodoro;

21 – Santo Anselmo de Cantuária;

22 – Santos Sotero, Caio e Agapito;

23 – São Jorge;

24 – Segundo Domingo de Páscoa; Domingo da Divina Misericórdia;

25 – São Marcos Evangelista;

26 – São Pascásio Radberto, Santo Anacleto;

27 – Santa Zita;

28 – São Pedro Chanel;

29 – Santa Catarina de Sena;

30 – São Pio V; São José Bento Cottolengo;

 

CALENDÁRIO CIVIL

01 – Dia da Mentira

02 – Dia Mundial da Conscientização do Autismo

04 – Dia Nacional do Parkinsoniano

05 – Dia das Telecomunicações

07 – Dia do Jornalista; Dia Mundial da Saúde; Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola

08 – Dia Mundial do Combate ao Câncer; Da Nacional do Sistema Braille

09 – Dia Nacional da Biblioteca

14 – Dia Mundial do Café

16 – Dia Mundial da Voz

18 – Dia do Amigo

19 – Dia do Índio

21 – Tiradentes

22 – Descobrimento do Brasil

23 – Dia Mundial do Livro

24 – Dia Nacional da Língua de Sinais

25 a 29 – 59ª Assembleia Geral da CNBB (on-line)

27 – Dia da Empregada Doméstica

28 – Dia da Educação

30 – Dia Nacional da Mulher

 

Boa missão, pasconeiros!