Evento midiático mundial: Madre Teresa de Calcutá é canonizada no Jubileu da Misericórdia

Exemplo de dedicação aos pobres, a canonização de Madre Teresa aponta para uma Igreja servidora com rosto de Misericórdia

Fr. Marcos Carvalho, OFM

Não foi por acaso que o Papa Francisco escolheu o dia 4 de setembro para a celebração de Canonização de Madre Teresa de Calcutá. Além de ser a véspera do dia em que se celebra a memória da mais nova santa da Igreja, a data marca também o encerramento do Jubileu dos voluntários e agentes de Misericórdia. No Ano da Misericórdia o Santo Padre quer ressaltar Madre Teresa como aquela que foi “Portadora do amor terno e misericordioso de Deus”, como aponta o lema da canonização.

“O significado deste importante acontecimento é justamente o de colocar no centro da vida de cada cristão e de seu testemunho a misericórdia”, comunicou o Cardeal Secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin, em entrevista concedida ao Jornal dos bispos italianos. Segundo o Cardeal, o exemplo de Madre Teresa põe de lado discursos abstratos e mostra de forma concreta como viver a misericórdia e a compaixão.

Madre Teresa põe de lado discursos abstratos e mostra de forma concreta como viver a misericórdia e a compaixão.

Na celebração da memória de Santa Teresa de Calcutá, que o calendário litúrgico reserva para o dia 5 de setembro, a oração da coleta ressalta a caridade da Santa para com os mais pobres como resposta ao amor de Deus, suplicando ao mesmo tempo sua intercessão pelos que são imagens do Cristo Sofredor. Uma missão que continua ainda hoje pelas mãos das Irmãs Missionárias da Caridade, Congregação fundada por Madre Teresa, e estende-se para todos os cristãos.

Além da Missa de Canonização, presidida pelo Papa Francisco, na Praça do Vaticano, diversas atividades estão sendo desenvolvidas também em Calcutá. A Rádio Vaticano noticiou que na capital do Estado de Bengala Ocidental, acontecem festival de cinema, mostra de fotografias e pintura, concursos de desenhos para crianças, além de simpósios que discutem a vida e o legado de Madre Teresa.

O milagre brasileiro

Para a canonização de Madre Teresa foi necessário a comprovação de um milagre de Deus através de sua intercessão. E este milagre veio do Brasil. Marcilio Haddad Andrino, natural de Santos, São Paulo, viu-se acometido em 2008 por uma grave infecção cerebral que o levou ao estado de coma. Após a oração de familiares a Madre Teresa, Marcílio recuperou-se milagrosamente já na mesa de cirurgia, num caso que a medicina não conseguiu explicar.

Marcílio recuperou-se milagrosamente já na mesa de cirurgia, num caso que a medicina não conseguiu explicar.

Marcílio e sua família procuram manter em suas vidas a mesma simplicidade da santa de Calcutá, cuja intercessão o curou. Em entrevista ao site da Arquidiocese do Rio de Janeiro, por ocasião do anúncio da canonização, Marcílio falou de sua felicidade em colaborar neste processo para mostrar ao mundo a grande santa que foi Madre Teresa. “Sempre fui um homem de fé, agora, ainda mais. Hoje eu vejo a vida de outra forma. Fico impressionado como agora um simples andar é importante pra mim. Os pequenos detalhem fazem diferença”, comentou.

Frei Marcos Carvalho especial para o Portal Pascom Brasil

Foto: www.pvf.com.br

Sobre o Autor: Michela

Você também pode gostar:

Busca

Instagram